08 novembro 2006

Considerações sobre Internet ou Crise pessoal


Neste último feriado fiz uma descoberta interessante. O blog vinha recebendo em média 15 visitas diárias. Logo depois do feriado passei 2 dias sem postar ou mesmo ligar o computador. Houve duas etapas do Campeonato Brasileiro de Agility no Rio nesses dias e cheguei em casa muito cansada. Somente no domingo entrei no blog e desde 5ª feira o contador de visitantes pouco havia avançado. Exclui a hipótese de coinciência, já que muitos afirmam que isso não existe de verdade, e conclui algo: internautas têm vida social! Feriadão e a galera foi aproveitar a vida.

Outro dia li no Terra que nos Estados Unidos vêm aumentando o número de indivíduos viciados em Internet. São aquelas pessoas que não podem passar um dia sequer sem navegar. O Brasil é um dos países do mundo com maior número de internautas, logo não deve ficar muito atrás nas estatísticas do vício. Na minha casa existe um viciado, meu marido. Nas férias anuais ele ficava profundamente incomodado por não ter o computador por perto, até que na última viagem descobriu as lan houses da cidade. A filha dele vai pelo mesmo caminho. Ela passa o final de semana com o pai de 15 em 15 dias e não sai do computador por nada. Eu costumo dizer que ela não visita o pai, vai a um cyber café grátis.

Eu não sou viciada em Internet, afinal tem dias em que nem tenho vontade de ligar o computador. Sempre achei que isso fosse verdade, até domingo. Colocando a vida em dia, peguei meu iPAQ pra sincronizar. Quando apertei o botão pra ligar ... nada aconteceu. Fiquei preocupada na hora, mas consegui não entrar em pânico. Fiz várias tentativas, tirei e recoloquei a bateria, liguei na fonte de alimentação ... nada. Só então lembrei que há algumas semanas meu pobre pocket PC vinha apresentando sintomas da doença que agora o atacava gravemente. Às vezes eu precisava apertar o botão mais de uma vez para ligar ou desligar, mas não dei importância ao fato. Eu havia sido negligente com ele, mas agora faria de tudo para salva-lo. Na 2ª feira procurei, sem sucesso, uma assistência técnica. Ontem entrei num chat no site da HP e o engenheiro que me atendeu disse para tentar uns outros tantos procedimentos, mas nada fez meu amiguinho voltar à vida. Com pesar, fui obrigada a anunciar oficialmente a morte do meu iPAQ. Poderia envia-lo para a assistência autorizada, em São Paulo, mas preferi não correr o risco de expor meus segredinhos tão bem guardados pelo falecido pocket.

Nos dois dias em que fiquei sem o handheld minha vida virou de ponta cabeça. Ele organizava meu dia e também o do meu marido, já que eu anotava os compromissos dele pra lembra-lo. Carregava meus arquivos, informações e telefones. Na 2ª feira eu tinha uma consulta médica marcada e só pude ir porque já sou paciente, se precisasse consultar o endereço, jamais teria chegado lá. Fiquei sem chão. A única solução foi uma boa pesquisa de preços pela Internet e no final do dia a compra de um iPAQ novo. Fiz um ótimo negócio, pagando pelo iPAQ 1950 menos do que paguei há 3 anos pelo iPAQ 1930. Uma relação não se constroi da noite para o dia, estamos nos conhecendo, mas começamos bem porque ele herdou os dados do antecessor, salvos graças ao meu hábito de sincronizar com o Microsoft Outlook. Por enquanto ele ainda está tímido com os demais aparelhos de casa. Não queria se comunicar com o roteador wi-fi, mas depois de alguma insistência minha, ele entrou na rede. Como ele teimou em não acessar a Internet, mesmo estando conectado, meu técnico de informática ficou de dar uma mãozinha pra eles se entenderem. E assim seguiremos felizes, eu e meu iPAQ novo.

5 Comments:

Blogger Miss Supahstah said...

Hehehehe!
Internautas com vida social... ou quase, né?
Juro que nunca tinha ouvido falar de iPAQ. Me senti uma excluída digital!
Mas tudo bem, vivendo e aprendendo, né?
Agora, que eu tô uma viciadinha em internet eu tô, mas eu já fui muito pior, do tipo de ficar no orkut direto o dia inteiro... hoje já passou essa modinha!...

Beijo!!!

8/11/06 22:26  
Blogger Segunda Pele said...

é, internet vicia.
Eu fico o dia todo na frente do computador trabalhando e às vezes acho um espacinho pra vir aqui como agora.
Mas tem hora que cansa, empapuça. Tem fds que pc pra mim é mostro.


beijos!!!

9/11/06 12:35  
Anonymous Gino Netto said...

Parabéns pelo novo iPAQ. Gostaria de ter essa facilidade de comprar um ao final do dia (rs).
Parabéns também pela iniciativa de cadastrar-se no Blog Geral-Diretório de Blogs.

Abraços e sucesso!
Gino Netto
http://bloggeral.paginageral.com

10/11/06 13:36  
Blogger GuiGoOo said...

Iiiiiiiiii sorte sua que você não é viciada hehehehe
eu sou maluco por internet e pra vc ter uma idéia desde que eu tenho computador isso já uns dois anos todo dia ele foi ligado
uhauhahuahuahua

12/11/06 13:51  
Anonymous Anônimo said...

Sim, provavelmente por isso e

20/11/09 10:15  

Postar um comentário

<< Home

Loading...