01 novembro 2006

O pai do noivo

Na minha família somos 4 irmãos, 2 mulheres e 2 homens, filhos de um pai mineiro careta. Claro que ele interpreta o papel de pai liberal, moderno, mas no fundo é caretão. Pra vocês terem uma idéia da verdadeira personalidade do meu pai, ele ficou horrorizado e passou sermão nos meus irmãos quando fizeram tatuagem. Não, eles não eram adolescentes que convenceram o tatuador a trabalhar sem autorização do responsável. Um tinha 40 anos e o outro quase 30. É por isso que até hoje meu pai nem desconfia que eu também tenho tatuagem. Pra que deixa-lo decepcionado mais uma vez?

Bom, fato é que o pai careta até hoje não casou nenhum dos filhos. Digo casou no modo tradicional, com igreja, etc. A filha mais nova é uma encalhada convicta e, já tendo passado dos 30 anos, não parece que vai mudar. O filho mais velho já teve umas quatro ou cinco mulheres, que eu me lembre, mas não casou com nenhuma. Atualmente mora junto com a última. Eu casei, mas só no civil. Fui pedida em casamento após uns poucos meses de namoro e aceitei. Casei de uma hora pra outra, sem noivado, nem igreja ou festa. A família deve ter ficado decepcionada ao perceber, nos meses que se seguiram, que eu não estava grávida. Restava o filho mais novo, que teve diversas namoradas, a maioria abominada pela família, mas não levou nenhuma a sério...até agora. Depois de um namoro curto ele anunciou o noivado, para surpresa geral. Posso afirmar que a noiva não está grávida, tendo vista que o enlace foi marcado com antecedência de 6 meses (ela estaria quase parindo se estivesse grávida). E finalmente meu pai careta ficou feliz.

Certamente ele preferia ser o pai da noiva, pra realizar aquele sonho de "casar a filha", mas já que não colaboramos, serve ser o pai do noivo mesmo. Ele está realizado já com os preparativos. Ontem me contou ao telefone que quer comprar logo a roupa, pra não deixar pra última hora. Depois falou que terá que chegar cedo porque, como pai do noivo, ficará no altar durante a cerimônia. Claro que sei que ele não precisa chegar cedo por este motivo, afinal, ninguém tomará o lugar dele no altar, mas não falei nada pra não decepciona-lo.

Fico feliz que ele esteja feliz.

Acho que esse casamento ainda será tema de muitos posts, já que a família está toda concentrada nesse evento e isso, como diriam os antigos, dará panos pra manga hehe

2 Comments:

Blogger Segunda Pele said...

hahaha eu também sonho com um casamento lindo, no campo, com a família toda. Mas acho que isso vai ficar pra outra encarnação quem sabe. rsrs


Beijossss pra vc!

2/11/06 11:25  
Blogger Miss Supahstah said...

Hehehehe...
Eu nem quero casar na igreja, mas a festa tem que ter! Sempre vou às festas dos casórios da família e acho aquela coisa mais brega e mais linda!
Quem sabe um dia né?
Mas que bom que seu pai tá feliz! Assim que é bom, quando as duas partes ficam contentes!
:)

2/11/06 23:08  

Postar um comentário

<< Home

Loading...